Mosaico em João Pessoa

Essa é uma pequena coletânea de mosaicos espalhados por alguns pontos da Cidade de João Pessoa, Paraíba – BR. Há alguns anos eu comecei a me interessar pela arte do mosaico vendo esses trabalhos e sentindo a tendência local para a produção obras de arte nessa técnica. Comecei então a pesquisar a história do mosaico desde sua origem e suas técnicas.

Os mosaicos acima foram feitos em processo artístico coletivo colando cacos de azulejo sobre o desenho feito diretamente sobre o muro da Igreja Lourdinas na Avenida Epitácio pessoa em João Pessoa .


TÉCNICAS DE DE MOSAICO

Mosaico Bizantino

O mosaico tem início de sua divulgação e aplicação em massa  no Império Bizantino após o Imperador Constantino autorizar e oficializar a religião católica como a religião oficial do estado. As cidades mais conhecidas na propagação do mosaico naquela época foram Bizâncio, Atenas e Roma. Isso ocorreu devido a sua utilização nos pisos e nas paredes das igrejas católicas construídas pelo Imperador Constantino.  Há também uma associação do mosaico a banhos turcos, piscinas e não é por acaso que até os dias atuais o mosaico bizantino mais conhecido é produzido na Turquia. Estamos falando do mosaico bizantino, produzido com pedras semipreciosas e mármore.

A técnica básica para pedras de mármore consiste em fazer um desenho sobre uma folha de papel ou tecido sobre uma mesa e montar o mosaico com as pedras sem cola. As pedras de mármore são cortadas com martelo apropriado. Após a conclusão do trabalho cola-se uma tela com cola solúvel em água sobre o mesmo, espera-se o processo de secagem para só então retirar a peça da mesa e fixa-la na parede, piso ou peça que irá receber o mosaico pronto. A colagem na parede, muro ou piso é feita com cimento branco ou cola para cerâmica. Há diversas marcas no mercado para uso em interiores e exteriores. Após a cura da colagem do mosaico retira-se a tela com uma esponja embebida em água. Em seguida aplica-se o rejunte para cerâmica na cor desejada. Após a secagem do rejunte retira-se o excesso com uma espoja seca. Pode ser usado um verniz para pedra e depois uma cera para proteção do mosaico.

Mosaico Atual

Atualmente o mosaico é produzido com diversas técnicas e materiais.  Popularmente o mosaico está associado ao azulejo, pastilhas de vidro, espelhos ou  placas de cerâmica cortadas ou quebradas com alicates para mosaico, cortadores ou martelos. As placas são cortadas ou em cacos variados que são colados diretamente na peça a ser produzida ou sobre tela de fibra de vidro com cola branca PVA. Após a secagem da cola na tela de vidro a peça pode ser transportada para o local e ser colada com cimento branco ou cola para cerâmica. Após a  cura do cimento aplica-se massa para rejunte apropriada para interior ou exterior, dependendo do uso. Após a secagem do rejunte retira-se o excesso com uma esponja ou toalha felpuda. Pode ser aplicado verniz  para pedra e/ou sera para assoalho.  A será dará brilho ao rejunte e protegerá o mosaico de desgastes quando exposto em via pública. Isso protegerá o mosaico de pichações ou poluição bastando passar um pano com sera ou solvente sobre a peça.

Anúncios

Autor: gilvanmendonca

Empreendedor http://www.gilvanmendonca.com.br

Os comentários com palavras de ódio, preconceituosas ou ofensivas serão excluídos automaticamente.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.